segunda-feira, 17 de abril de 2017

Harden e Beverley lideram Rockets para a vitória



O primeiro jogo do confronto entre Houston Rockets e Oklahoma City Thunder foi diferente para os torcedores do Texas, mas acabou com o resultado esperado. Uma vitória segura por 118 a 87 e uma sensação de tranquilidade.

Se por um lado as bolas de três pontos não caíram com fluidez (foram dez acertos em 31 arremessos), os rebotes ofensivos e os pontos no garrafão apareceram como um passe de mágica. Foram 14 rebotes ofensivos (56 no total contra 41 do Thunder) e 31 pontos de “segunda chance” contra 4 de OKC.

A partir destes números nem é preciso comentar a boa partida de Clint Capela e Nenê. Os dois pivôs somaram 29 pontos e 12 rebotes, com um aproveitamento de 82,3%. Como comparação Steve Adams e Ener Kanter somaram 14 pontos e oito rebotes e aproveitamento de 46.1%.

Os motivos podem ser simples. O técnico Billy Donovan tinha uma estratégia muito clara de não deixar o perímetro de Houston arremessar livre. Mas como James Harden falou após o jogo:  “Como armador eu tenho que achar meios de abrir a defesa. Eles estavam trocando os pivôs e mantendo nossos arremessadores longe, então eu tentei chegar até a cesta”.

Sim, Harden foi agressivo e somou 37 pontos, em sua maioria atacando a cesta contra Adams, Taj Gibson e Kanter. O único defensor que incomodou realmente o armador do Rockets foi Andre Roberson, que surpreendeu ainda no ataque. O barbudo favorito também acrescentou sete rebotes, nove assistências e três roubos de bola em suas estatísticas, com apenas dois turnovers.

Os coadjuvantes oficiais: Eric Gordon (8), Ryan Anderson (4), Trevor Ariza (4) e Lou Williams (11) não foram bem no ataque sendo que os três últimos sequer acertar uma bolinha qualquer de 3PT. Por outro lado, Anderson e Ariza foram importantes na defesa.

Mas o grande nome da partida foi Patrick Beverley. Além de somar 21 pontos, sua maior marca da carreira em playoffs, o armador chegou ao duplo-duplo ao capitalizar outros dez rebotes. Isso tudo enquanto tinha que marcar Russell Westbrook que teve um aproveitamento de 26%.

Estatísticas aleatórias

- Harden subiu para a posição #93 entre os maiores pontuadores da história da NBA nos playoffs.

- Harden agora é o #29 em bolas de 3PT na história dos playoffs. Ariza é o #57 e Williams é o #248.

- O brasileiro Nenê ocupa o #214 em rebotes totais. Harden em #221 e Ariza em #231.

- Harden é o #77 em assistências.

- Mesmo sem defender, Harden é o #63 em roubos de bola. Ariza é o #85. Nenê ocupa o #211.

- Nenê é o melhor do Rockets em tocos, ocupando o #201. Harden é o #244.

- Eric Gordon, Montrezl Harrell, Bobby Brown, Troy Williams conquistaram sua primeira vitória em playoffs.

- Anderson estabeleceu seu career high em rebotes com 12, contando apenas playoffs.

- Beverley estabeleceu seu career high em pontos com 21, contando apenas playoffs.

sábado, 1 de outubro de 2016

Menos jogadas individuais



Uma das declarações mais polêmicas (ou não) do técnico Mike D’Antoni após seus primeiros treinos comandando o Houston Rockets foi a efetivação de James Harden como o armador principal da equipe. Mas para essa experiência funcionar, um dos grandes desafios será diminuir o número de jogadas individuais do Barba.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Foguetinhos do Training Camp - #1



Os primeiros dias de treinamento do Houston Rockets foram marcados por revelações do esquema tático e algumas mudanças visíveis e outras nem tanto. Na primeira edição do Foguetinhos de 2016/17, vamos tratar da melhora do Beverley nos arremessos, na rotação curta de Mike D'Antoni, da derrota do Bullard nos três pontos e na versatilidade de Sam Dekker. 

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O Ano do Tank?


Os torcedores do Houston Rockets ainda estão divididos entre a esperança e o pessimismo para a próxima temporada da equipe. Apesar das críticas, a saída do pivô Dwight Howard ainda é considerada uma grande perda para a franquia e a chegada dos reforços e do técnico Mike D’Antoni não melhorou em nada as expectativas.

O colaborador do site Hoops Habit, Matthew Hallett, vai ainda mais longe em sua análise acreditando que esse ano será o “Ano do Tank” para o Houston Rockets. Eu, sinceramente, discordo da opinião dele e acredito que tudo que ocorreu na offseason foi na tentativa de criar uma filosofia de jogo. D’Antoni tem tudo para aproveitar as potencialidades de James Harden e companhia.


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Yao Ming terá camisa aposentada em fevereiro


A maré de notícias boas para Yao Ming parece não ter fim. Após ter sido nomeado para o Hall da Fama da NBA no início do mês, o chinês agora terá, oficialmente, sua camisa retirada pelo Houston Rockets.

O dono da franquia, Leslie Alexander, anunciou pessoalmente a decisão de aposentar o #11 do Rockets durante o “Media Day” realizado na sexta-feira (23) no Toyota Center. A cerimônia de retirada do número de Ming será realizada também no Toyota Center no dia 2 de fevereiro, que marca o ano novo chinês. Em mais uma aproximação de Houston com a China.

“Nós teremos a cerimônia de retirada da camisa de Yao no dia 2 de fevereiro, durante o ano novo chinês. Será a maior audiência que nós teremos por causa da data. Isso é importante para a franquia e para o crescimento da NBA mundialmente. O basquete vai poder celebrá-lo como um greande jogador, pessoa e o fato que ele está no Hall da Fama agora”, afirmou Alexander.


Yao Ming será o sexto jogador da história a ter o seu número aposentado, juntando-se a Clyde Drexler (22), Calvin Murphy (23), Moses Malone (24), Hakeem Olajuwon (34) e Rudy Tomjanovich (45). Vale lembrar que o Rockets também aposentou uma camisa CD em homenagem ao auxilar técnico e general manager Carroll Dawson. 

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Como Nenê pode ajudar o Rockets




Uma das contratações mais contestadas do Houston Rockets foi o pivô brasileiro Nenê. Aos 34 anos de idade, o jogador já completou 14 temporadas na NBA e tem certamente o seu auge no passado, por isso a pergunta: será que ele pode ajudar o time texano?

O analista Darren Yuvan, do site The Dream Shake, foi um dos que tentaram descrever qual a expectativa que os torcedores do Rockets podem ter do veterano brasileiro.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Futuro de Motiejunas será decidido até 1º de outubro



Nesta quarta-feira (14), o agente do ala-pivô Donatas Motiejunas, BJ Armstrong, expressou suas preocupações com o Houston Rockets por conta da demora para o acerto de um novo contrato do seu cliente com o time do Texas. “Eles não fizeram uma oferta séria”, afirmou Armstrong para a ESPN. “Nosso momento da verdade será 1º de outubro. Nós vamos tomar nossa decisão nessa data”.